Variedades

Como Vacinar Cachorro

Os cuidados com um cachorro vão além da escolha da ração, é necessário mante-lo com as vacinas em dia para protege-lo de inúmeras doenças que acometem os cachorros

Ter um cachorro como bicho de estimação é uma verdadeira alegria para a casa. Mas é necessário ter muitos cuidados quando você vai adquirir um cachorro. Encontrar a melhor ração, preparar o lugar onde ele vai dormir e uma das maiores preocupações é, sem dúvidas, como vacinar o cachorro.

Para quem não sabe, algumas doenças de origem humana, como pneumonia, hepatite e virose, também acometem os cachorros. Além dessas, outras doenças que são próprias do animal, como cinomose e adenovírus, podem ser letais. Por estás razões, é importante que o seu cachorro esteja com o cartão de vacinação em dias, assim, ele ficará prevenido contra essas e outras doenças. As primeiras vacinas que o seu cachorro deve tomar, irá protege-lo contra doenças, que são as maiores causas de morte entre os cachorros nos primeiros meses de vida.

Primeiras vacinas

Como vacinar cachorro

Como vacinar cachorro

É com 45 dias de vida, que seu cachorro começará a tomar as primeiras doses de vacina. Como o número de doenças que o animal pode adquirir é muito grande, são oferecidas as chamadas vacinas múltiplas, essas são compostas por 4 ou 5 tipos de outras vacinas.

As vacinas múltiplas mais conhecidas são as V8 e V10, as duas protegem contra as mesmas doenças, mas no caso da V10, ela protege contra 4 subtipos de leptospira, enquanto a V8, protege contra 2. Essa doença causa disfunção renal e hepática, sua incidência maior é no inverno.

No caso da vacina contra a raiva, ela só deverá ser aplicada quando o animal estiver com 4 meses de vida. Isso porque, o organismo do cachorro estará mais resistente, antes desse período ele corre risco de morte.

Vacinas Doenças que protege Quando deve tomar Quantas dose
V8 Cinomose, adenovírus tipo 2, parainfluenza, parvovírus,
coronavírus e 2 subtipos de leptospira.
A primeira dose aos 45 dias de nascido, a segunda dose entre 21 e 30 dias após a primeira dose e a terceira dose entre 21 e 30 dias após a segunda. O reforço deve ser anual. 3 nos primeiro meses de vida e reforço anual
V10 Cinomose, adenovírus tipo 2,parainfluenza, parvovírus,
coronavírus e 4 subtipos de leptospira.
A primeira dose aos 45 dias de nascido, a segunda dose entre 21 e 30 dias após a primeira dose e a terceira dose entre 21 e 30 dias após a segunda. O reforço deve ser anual. 3 nos primeiro meses de vida e reforço anual
Anti- rábica Raiva A primeira dose deve ser aplicada quando o animal completar 120 dias de vida. 1 dose aos 4 meses e reforço anual.

Vacinas especiais

Como vacinar cachorro

Como vacinar cachorro

Apesar de está protegido contra essas doenças, existem outras que, além de letais, ainda podem ser transmitidas para os humanos. Uma dela é a giardíase ou giardia, que ataca o intestino e o estômago, causando diarreia, vômito e em casos mais graves o sangramento intestinal. A vacina contra essa doença é aplicada quando o animal tem 45 e repetida após 30 dias. Reforço anual.

A tosse canis é, em muitos casos, confundida com uma gripe, entretanto ela é mais agressiva do que a gripe simples. Ela ataca o sistema respiratório do animal, causando uma tosse continua. A vacina contra essa doença é aplicada quando o cachorro tem entre 45 e 60 dias de vida e repetida no prazo de 30 dias. O reforço é de dose única e anual.

Vacinar em Casa

Como vacinar cachorro em casa

Como vacinar cachorro em casa

Mesmo não sendo aconselhado, existem pessoas que preferem aplicar as vacinas em sua própria casa, o que leva a essa escolha muitas vezes é o custo elevado de levar o animal ao veterinário ou não ter esse profissional em sua cidade. Isso não é aconselhável porque para tomar a vacina o cachorro necessita está bem de saúde, sem nenhuma contaminação, e só quem pode assegurar o estado de saúde do animal é o médico veterinário.

Entretanto, se ainda assim, você quiser aplicar em casa a vacina em seu cachorro, separamos algumas dicas para lhe ajudar na hora de aplicar.

  1. A primeira dica é amordaçar o cachorro para você não correr o risco de ser mordido por ele durante a aplicação da vacina.
  2. Chame alguém para segurar o cachorro durante a aplicação da vacina.
  3. Com o cachorro imobilizado, limpe a região onde será aplicada a vacina com álcool iodado, o mesmo que é utilizado para limpar feridas em humanos. É importante escolher a região onde tenha um volume maior de pele, o mais indicado é acima da pata traseira do cachorro. Tenha muito cuidado para não aplicar a vacina no músculo do animal, isso pode deixá-lo paralisado.